É necessário, sim, fazer a política de quarentena e reduzir o contato social, mas é preciso considerar com seriedade a questão da violência doméstica.
" />

Brasil Debate

Brasil Debate

Ana Luíza Matos de Oliveira

Ana Luíza Matos de Oliveira

É economista (UFMG), mestra e doutora em Desenvolvimento Econômico (Unicamp), integrante do GT sobre Reforma Trabalhista IE/Cesit/Unicamp e colaboradora do Brasil Debate