Filme conta a história social e econômica do Brasil dos anos 1930 até hoje. É a trajetória de um país em construção, com impulsos e retrocessos em seu desenvolvimento ditados pelos diferentes governos, conjunturas e fatos políticos.
" />

Brasil Debate

Brasil Debate

 
Documentário

Filme mostra trajetória sinuosa do desenvolvimento do Brasil

um sonho intenso_juscelino-cinebancários divulgação2“Um sonho intenso”, documentário de José Mariani, em cartaz nas principais capitais brasileiras, tem a proposta de contar a história social e econômica do Brasil dos anos 1930, época ainda do reinado do café, até os dias de hoje.

É a trajetória de um país em construção, com impulsos e retrocessos em seu desenvolvimento ditados pelos diferentes governos, conjunturas e fatos políticos.

A narrativa, pontuada por muitas imagens e reportagens de época, é alinhavada de forma brilhante e até prazerosa – apesar do tema denso – por depoimentos de 11 pensadores de primeira grandeza: os economistas Maria da Conceição Tavares, Carlos Lessa, João Manuel Cardoso de Melo, Luiz Gonzaga Belluzzo, Ricardo Bielschowsky e Lena Lavinas, os sociólogos Francisco de Oliveira e Adalberto Cardoso, o historiador José Murilo de Carvalho, o jornalista e escritor José Augusto Ribeiro e o diplomata Celso Amorim.

Ricardo Bielschowsky, professor do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), atuou também como consultor de Mariani na elaboração do roteiro.

O sonho de um Brasil moderno, soberano e industrializado vai se realizando ao longo das décadas, como nos contam os depoentes, ainda que aos trancos e barrancos e apesar de um persistente subdesenvolvimento, em uma sociedade marcada pela desigualdade.

O filme nos mostra os anos sob Getúlio Vargas e o início da construção do Brasil que pretendia superar o atraso da monocultura do café. É o período da criação da legislação trabalhista e do estabelecimento da indústria pesada, com a Petrobras, a Vale, a Siderúrgica de Volta Redonda.

Seguem-se a política desenvolvimentista de Juscelino Kubitschek, a tentativa frustrada das reformas de base de João Goulart, o milagre da época dos militares, o endividamento externo, os diferentes planos para conter a alta inflação, o Plano Real, as privatizações, a redução dos índices de pobreza e a ascensão social de uma nova classe média consumidora.

Quando se discute rumos possíveis para a economia do País hoje, nada mais indicado que uma revisita a esses últimos decisivos 80 anos da nossa história.

Acesse o site do filme para saber as salas em que está sendo exibido e assista ao trailer:

 

 

Clique para contribuir!

Comentários