Entre 1988 e 2009, os conselhos municipais se expandiram no país, com destaque para as prefeituras administradas pelo PT. Esses municípios, ao redor dos anos 2000, apresentam médias de conselhos sistematicamente mais altas que a de outros municípios, e essa diferença aumentou ao longo da década.
" />

Brasil Debate

Brasil Debate

 
Participação popular

Prefeituras do PT e os conselhos municipais

O livro “Trajetórias das desigualdades: como o Brasil mudou nos últimos cinquenta anos”, organizado por Marta Arretche, se propõe a analisar a evolução da desigualdade em suas múltiplas faces nos últimos 50 anos no Brasil, a partir dos dados do Censo.

Um dos artigos do livro (“Conselhos, associações e desigualdade”, de Adrian Lavalle e Leonardo Barone) trata da expansão de conselhos e associações nos municípios brasileiros no período recente (pós-redemocratização), relacionando-a com a evolução da desigualdade socioeconômica no país.

Segundo os autores, entre 1988 e 2009, os conselhos municipais se expandiram no país, com destaque para as prefeituras administradas pelo PT. Esses municípios, ao redor dos anos 2000, apresentam médias de conselhos sistematicamente mais altas que a de outros municípios, e essa diferença aumentou ao longo da década.

Especificamente, segundo autores do livro, municípios governados pelo PT entre 1997 e 2008 tinham, em média, 6,16 conselhos em 2010, contra 4,80 nos demais municípios sem governos do PT.

O capítulo, portanto, mostra que um diferencial dos governos municipais do PT foi o de garantir mais acesso ao poder público e voltar seus recursos também para a atenção de problemas antes sem visibilidade, como saúde, educação, direitos da criança e do adolescente, habitação, meio ambiente, cultura, entre outros.

 

Clique para contribuir!

Comentários