Relacionado
" />

Brasil Debate

Brasil Debate

Clemente Ganz Lúcio

Sociólogo, diretor técnico do DIEESE, membro do CDES – Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social. É colunista do Brasil Debate

 
Clemente Ganz Lúcio

O Brasil é um país fantástico!

O Brasil é um país fantástico porque tem em aberto a oportunidade para fazer da superação da desigualdade o centro motor da estratégia de crescimento econômico e de desenvolvimento social

O Brasil é um país fantástico, uma das maiores economia do planeta, com riqueza natural abundante, diversidade de biomas, floresta, mar e rios. Há estrutura industrial diversificada, robustos setores financeiro e agropecuário, complexa rede de comércio e serviços.

O Brasil é um país fantástico pela qualidade do povo que, tendo igualdade de oportunidade, trabalha muito e melhora de vida. Por isso, a exuberância cultural do povo precisa invadir a política para que a nação sustente a concepção do desenvolvimento como bem-estar social. Paz, sustentabilidade ambiental, liberdade e qualidade de vida fazem parte do bom modo de viver.

O Brasil é um país fantástico porque tem em aberto a oportunidade para fazer da superação da desigualdade o centro motor da estratégia de crescimento econômico e de desenvolvimento social.

O Brasil é um país fantástico porque, na contramão dos países centrais que concentram renda, riqueza e aumentam as desigualdades, fez um vigoroso processo de redução das diferenças sociais por meio de políticas distributivas para os miseráveis e pobres, fortaleceu os sistemas de proteção social e, principalmente, gerou milhões de emprego e fez crescer os salários. Esse movimento trouxe milhões de pessoas que ingressaram na nova classe trabalhadora, gerando cidadania econômica, o que ampliou o consumo de massa e favoreceu a produção de bens e serviços correspondentes.

O Brasil é um país fantástico porque tem o desafio de aprofundar a estratégia de crescimento sustentada pela distribuição de renda, pela geração de empregos com mais qualidade, com a ampliação da proteção social. O desafio é ampliar a participação dos salários, do emprego e das políticas sociais como um dos motores que animam a atividade econômica.

O Brasil é um país fantástico porque tem o desafio de recolocar na centralidade do desenvolvimento econômico o papel da indústria para agregar valor na agropecuária, nos minérios, inclusive petróleo e gás, na diversidade de biofármacos, ou para produzir serviços urbanos, exemplos dos inúmeros campos para o desenvolvimento industrial.

O Brasil é um país fantástico pelas oportunidades que geram os investimentos na infraestrutura econômica – portos, aeroportos, estradas, ferrovias, energia etc. – e na infraestrutura social – saúde, educação, habitação, transporte, etc.

O Brasil é um país fantástico porque mostrou que, diferente do modelo neoliberal dominado exclusivamente pelo mercado que produz desigualdade, o Estado tem papel central e estratégico na promoção de igualdade.

Fantásticos são os desafios dos brasileiros. Fantástica é a centralidade da política para enfrentar esses desafios.

Crédito da foto da página inicial: EBC

Clique para contribuir!

Comentários