As manifestações, convocadas por sindicalistas e movimentos sociais, são em defesa da Petrobras, mas também têm como bandeira os direitos da classe trabalhadora, a democracia e a reforma política.
" />

Brasil Debate

Brasil Debate

 
Resistência democrática

Movimentos convocam para ato no dia 13

movimentos sociais1Nesta sexta-feira, dia 13, ocorrerá pelo Brasil uma série de atos em defesa da Petrobras, convocados por sindicalistas e movimentos sociais. As manifestações, que devem acontecer nas 27 capitais do País, também têm como bandeira os direitos da classe trabalhadora, a democracia e a reforma política.

Na última quarta-feira (4), foi divulgado o manifesto da mobilização (confira a íntegra AQUI). Segundo o documento, o “dia nacional de luta” coloca como prioridade um dos maiores desafios das centrais sindicais: “defender, de forma unificada e organizada, do projeto de desenvolvimento econômico com distribuição de renda, justiça e inclusão social”, para que se atinja uma “nação mais justa para todos”.

Sobre a Petrobras, os organizadores pedem que sejam investigados e punidos os funcionários de alto escalão envolvidos com atos de corrupção, mas sem que se atinja a cadeia de fornecedores e prestadores de serviços da estatal. De acordo com o texto, “essas empresas brasileiras detêm tecnologia de ponta empregada na construção das maiores obras no Brasil e no exterior”.

Assinam o manifesto entidades como a CUT (Central Única dos Trabalhadores), FUP (Federação Única dos Petroleiros), UNE (União Nacional dos Estudantes), MST (Movimento dos Trabalhadores Sem Terra) e Levante Popular da Juventude. No último dia 24, os mesmos grupos realizaram no Rio de Janeiro o primeiro ato em favor da Petrobras, que contou com a presença do ex-presidente Lula.

Confira a convocatória:

DIA 13 DE MARÇO DIA NACIONAL DE LUTA EM DEFESA:

–  Dos Direitos da Classe Trabalhadora

– Da Petrobrás

– Da Democracia

– Da Reforma Política

CONTRA O RETROCESSO!

TODOS NA PAULISTA

Confira os locais de concentração confirmados até o momento, segundo informação da CUT:

Acre – Rio Branco – em frente ao Palácio – 9h

Alagoas – Maceió – Praça Sinimbú – 9h

Amazonas – Manaus – Concentração na Praça da Polícia – 15h

Amapá – Macapá- Concentração na Praça da Bandeira – 8h; caminhada até a Praça do Forte – 10h

Bahia – Salvador – Itaigara – Em frente ao prédio da Petrobrás – 7h

Ceará – Fortaleza – Praça da Imprensa – 8h

Distrito Federal – Brasília – Rodoviária – 17h

Espírito Santo – Vitória – Em frente à Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)  – 16h30

Goiás – Goiânia – Coreto da Praça Cívica – 10h

Maranhão – São Luís – Panfletagem na Praça Deodoro – 7h; concentração na Praça João Lisboa e passeata na Rua Grande até o final da mesma rua – Canto da Viração – para o Ato Político – 15h

Minas Gerais – Belo Horizonte – Praça Afonso Arinos – 16h

Mato Grosso – Cuibá – Praça da República – 11h

Mato Grosso do Sul – Campo Grande – Praça do Rádio – 9h

Pará – Belém – Praça da República – 15h

Paraíba –  João Pessoa – Em frente ao Cassino da Lagoa – 15h

Paraná – Curitiba – praça Santos Andrade – 17h

Pernambuco – Recife – Parque 13 de Maio, Santo Amaro – 7h

Piauí – Teresina – Praça da Liberdade – 15h

Paraná – Curitiba – Praça Santos Andrade – 17h

Rio de Janeiro – Rio de Janeiro – Cinelândia – 15h

Rio Grande do Norte – Natal – em frente à Catedral – 16h

Roraima – Boa Vista – na Praça do Centro Cívico

Santa Catarina – Florianópolis – em frente à Catedral – 14h

Sergipe – Aracaju – Praça Camerino – 14h

São Paulo – São Paulo – Avenida Paulista nº 901 – em frente ao prédio da Petrobrás – 15h

Tocantins – Concentração no Posto do Trevo 2, caminhada na Avenida Tocantins, em Taquaralto, até a Praça da Igreja São Jose – 15h30

No dia 12 de março

Rio Grande do Sul – Porto Alegre – Largo Glênio Pires – 12h

Assinam a convocação:

CUT -– Central Única dos Trabalhadores

FUP -– Federação Única dos Petroleiros

CTB – Central dos Trabalhadores do Brasil

UGT – União Geral dos Trabalhadores

NCST – Nova Central Sindical dos Trabalhadores

CSB – Central dos Sindicatos Brasileiros

UNE – União Nacional dos Estudantes

MST -– Movimento dos Trabalhadores Sem Terra

CMP -– Central dos Movimentos Populares

MAB -– Movimento de Atingidos por Barragem

LEVANTE Popular da Juventude

FAF –- Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar

MNPR – Movimento Nacional das Populações de Rua

FDE – Fora do Eixo

MÍDIA Ninja

Clique para contribuir!

Comentários