Brasil Debate

Brasil Debate

 
Mercado de trabalho

Mais emprego e formalidade melhoram as condições para o trabalhador

Relatório da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL) sobre a economia brasileira mostra claramente a evolução positiva do emprego no País a partir dos anos 2000:

grafico indice mensal de emprego

Em claro contraste com a estagnação da geração de empregos nos anos 1990, período de forte aplicação dos preceitos neoliberais no País, o gráfico mostra que nos anos 2000 há forte crescimento do emprego em todos os setores analisados: setor extrativo-mineral, na agropecuária, na indústria manufatureira e nos serviços.

Destaca-se um crescimento mais acentuado do emprego especialmente nos serviços, no extrativismo e na indústria a partir de 2009, apesar da crise econômica mundial.

É importante citar também que o crescimento do emprego ocorre com o fortalecimento do emprego formal, i.e., com maior proteção e garantias para o trabalhador.

Como já discutimos anteriormente em Brasil dá um salto na formalização do trabalho e Crescimento do emprego formal reverte tendências negativas , também ao contrário da década de 1990, nos anos 2000 houve expressiva criação de empregos formais na economia, como mostram os dados abaixo do Ministério do Trabalho e Emprego.

Clique para contribuir!

grafico emprego formal

Para a manutenção desse quadro favorável é primordial que a geração de empregos formais em todos os setores da economia brasileira seja prioridade, pois o bem-estar da grande maioria dos brasileiros – trabalhadores – depende dos bons índices do mercado de trabalho.

000-107
C2150-533
VCP410
HD0-400
70-229
920-481
70-461
070-668
000-376
070-552-Csharp
HP0-S21
1Y0-256
HP2-K38
C2060-220
646-671
70-306
PW0-270
00M-647
HP2-B91
920-551
NS0-510
JN0-304
1Z0-460
A2040-917
JN0-633
E20-090
70-583J
70-595
70-599
70-620
70-620BIG5
70-621
70-622
70-622BIG5
70-623
70-624
70-625
70-626
70-630
70-630GB2312
70-631
70-632
70-633
70-634
70-635
70-638
70-639
70-640
70-640BIG5
70-642
70-642BIG5
70-643

C4040-252
MB5-705
70-410
C4040-250
70-461
200-120
70-486
810-401
70-483
70-417
640-554
70-488
MB2-704
70-480
70-346
1Z0-061
AWS-SysOps
C4040-251
HP0-S41
70-412
070-410
300-101
9L0-422
1Z0-060
70-411
CISSP
300-115
70-347
070-486
70-462
CCD-410
70-532
400-101
EX200
HP2-B115
70-467
70-534
070-461
220-802
SY0-401
220-801
MB2-708
070-488
C4040-252
70-410
200-120
C4040-250
70-486
70-461
MB5-705
70-488

MB3-700
MB3-701
MB3-859
MB3-860
MB3-861
MB3-862
MB4-198
MB4-211
MB4-212
MB4-213
MB4-217
MB4-218
MB4-219
MB4-348
MB4-349
MB4-534
MB4-535
MB4-536
MB4-640
MB4-641
MB4-643
MB4-873
MB4-874
MB5-198
MB5-199
MB5-229
MB5-292
MB5-294
MB5-504
MB5-537
MB5-538
MB5-554
MB5-625
MB5-626
MB5-627
MB5-629
mb5-700
MB5-705
MB5-845
MB5-854
MB5-855
MB5-856
MB5-857
MB5-858
MB6-202
MB6-203
MB6-204
MB6-205
MB6-206
MB6-282
MB6-283

Clique para contribuir!
Share

4 respostas to “Mais emprego e formalidade melhoram as condições para o trabalhador”

  1. curioso disse:

    “estagnação da geração de empregos nos anos 1990, período de forte aplicação dos preceitos neoliberais”

    Favor comparar isso com outros países, especialmente os que não seguiam os preceitos neoliberais, e outros que seguissem mais ainda.

    • Jonas Moreira disse:

      Não há comparação possível. A taxa de desemprego alcançada em 2002 (resultante da estagnação da geração de empregos dos anos 90) não foi apenas a maior de nossa história, ela foi a segunda maior do mundo.

  2. […] Mais emprego e formalidade melhoram as condições para o trabalhador […]

  3. […] Mais emprego e formalidade melhoram as condições para o trabalhador […]

Comentários