Relacionado
" />

Brasil Debate

Brasil Debate

 
Bolsa Família

Bolsa Família retira 22 milhões da extrema pobreza

Um dos mais significativos impactos do Programa Bolsa Família foi a retirada de 22 milhões de pessoas da extrema pobreza, segundo o estudo “Avaliação de políticas públicas: Reflexões acadêmicas sobre o desenvolvimento social e o combate à fome”, do Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome, publicado em abril deste ano.

O programa, de acordo com o estudo, favoreceu o acesso dos povos e comunidades tradicionais a alimentos, compra de material escolar, remédios, entre outros itens básicos, assim como possibilitou a retirada de documentos de identificação.

Foi possível constatar, também, que, em consequência do cumprimento das condições impostas para participar do programa, houve melhora significativa na frequência escolar de filhos dos beneficiários e no seu acompanhamento médico – dados que mostram uma quebra no ciclo da pobreza que passa de geração a geração.

O estudo aponta que o Bolsa Família, que atendia 10,5 milhões de famílias em situação de pobreza e extrema pobreza em 2008, passou a atender 13,9 milhões em 2013, na mesma situação. De acordo com dados recentes da Secretaria Nacional de Renda de Cidadania (Senarc), 93% da titularidade dos cartões do programa estão com as mulheres.

Fonte: Ipeadata

Fonte: Ipeadata

Clique para contribuir!

1 resposta to “Bolsa Família retira 22 milhões da extrema pobreza”

  1. […] Os avanços sociais durante o governo Dilma, em prosseguimento ao período Lula, são incontestes e estão fartamente documentados. Destacamos a redução da desigualdade social e a redução drástica da pobreza como grandes conquistas dos últimos governos, que tiveram apoio na política de valorização do salário mínimo e nas melhorias do mercado de trabalho, com o aumento da formalização aumentou e a redução do desemprego. Também foram importantes os programas de transferência de renda, da Seguridade Social e aqueles voltados ao combate da extrema pobreza. […]

Comentários