Segundo as autoras, apesar da retomada do crescimento e da queda da desigualdade nos últimos anos, as grandes dívidas sociais da sociedade capitalista patriarcal se mantêm e a desigualdade de uso do tempo entre homens e mulheres – estas com jornadas duplas e triplas – é uma delas.
" />

Brasil Debate

Brasil Debate

Lygia Sabbag Fares Gibb

Lygia Sabbag Fares Gibb

É mestra em Globalização e Trabalho pela Universidade de Kassel na Alemanha, professora de Teoria Econômica na Faculdade FAPPES e doutoranda em Desenvolvimento Econômico pela Unicamp, IE/ Centro de Estudos Sindicais e da Economia do Trabalho – CESIT