A proposta do governo Bolsonaro não pode ser chamada de “reforma”. Trata-se, na verdade, de uma substituição do atual sistema pelo de capitalização.
" />

Brasil Debate

Brasil Debate

Guilherme Santos Mello

Guilherme Santos Mello

É professor do Instituto de Economia da Unicamp e pesquisador do Centro de Estudos de Conjuntura e Política Econômica (CECON-UNICAMP).