O autor cita a “revolução silenciosa na eólica” conduzida por Dilma - que pode levar o País a dobrar a produção, para 14 mil MW instalada, até 2018 -, os avanços na energia solar e, em paralelo, o uso inteligente das reservas do Pré-sal.
" />

Brasil Debate

Brasil Debate

Giorgio Romano Schutte

Giorgio Romano Schutte

É professor de Relações Internacionais e Economia da Universidade Federal do ABC (UFABC) e membro do Núcleo Estratégico de Estudos sobre Desenvolvimento, Democracia e Sustentabilidade (NEEDDS)