Para as autoras, muito da comoção social produzida pela ação dos alunos se deve ao fato de o movimento “Não fechem a minha escola” ter se distanciado da imagem normalmente divulgada de uma escola pública sucateada, violenta, frequentada por alunos desinteressados e desmotivados.
" />

Brasil Debate

Brasil Debate

Débora Mazza

Débora Mazza

É docente do Departamento de Ciências Sociais (DECISE), Grupo Estudos e Pesquisas em Políticas Públicas e Educação (GPPE), da Faculdade de Educação (FE), da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)