Brasil Debate

Brasil Debate

 
Copa do Mundo

A Copa foi boa para as contas públicas

A Copa do Mundo custou R$25,7 bilhões, segundo estimativas oficiais do Portal da Transparência da Copa 2014 da Controladoria Geral da União (CGU). Esse valor foi aplicado em aeroportos, estádios, mobilidade urbana, segurança pública, entre outros, e diz respeito a fontes de financiamento público e privado.

Do total, 17,3% (ou R$4,4 bilhões) foram financiados pelo setor privado, com investimentos principalmente em aeroportos e estádios. Outros 32,4%, pouco mais de R$8 bilhões, tiveram como origem financiamentos do BNDES, para obras de mobilidade urbana e estádios. No caso do BNDES, embora o banco seja estatal, o financiamento não é considerado gasto público porque se trata de empréstimo a ser recuperado ao longo do tempo. Assim, subtraindo do total a parcela financiada pelo setor privado e pelo BNDES, o gasto público para a preparação da Copa foi de R$12,9 bilhões.

Clique para contribuir!

Esse valor, segundo a consultoria Ernst & Young, será compensado com folga pelos R$18 bilhões que municípios, estados e União terão arrecadado até o fim de 2014, considerando os impactos diretos e indiretos do megaevento.

Grafico financiamento Copa 2014
Fonte: Portal da Transparência. Os percentuais ao lado da legenda indicam a participação do tipo de gasto em relação ao total dos gastos, enquanto aqueles posicionados acima das barras indicam a participação da fonte de recursos nos gastos.

Clique para contribuir!
Share

Comentários